Vassouras confirma primeiro caso de coronavírus e suspende reabertura do comércio



A prefeitura de Vassouras, no Sul do Rio de Janeiro, voltou atrás e determinou mais uma vez o fechamento do comércio após a confirmação do primeiro paciente com o novo coronavírus na cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Severino Dias no fim da noite de sexta-feira (10).

"Com esse resultado, por motivo de precaução, estamos suspendendo o decreto que permitia a abertura do comércio", informou o prefeito.

O paciente é um homem, de 62 anos, que passa metade do mês em Vassouras e a outra metade no Rio de Janeiro. Como apresentou sintomas leves, ele foi orientado a fazer isolamento domiciliar.

A confirmação veio através da realização de um teste rápido. Um material foi enviado ao Laboratório Central Noel Nutels, no Rio de Janeiro, para uma análise mais precisa. A previsão é que o resultado seja divulgado de sete a 10 dias.

"Tal paciente, ao começar a sentir os sintomas, buscou uma clínica particular, sendo indicado a buscar um laboratório privado para realizar o teste rápido, o qual atestou positivo. Todavia, só após um resultado por laboratório público, ou laboratório certificado, é possível considerar esse paciente oficialmente positivo", explicou o secretário de Saúde do município, Leonardo Pereira da Rocha.

O paciente só entrará oficialmente nos números do município se o exame mais detalhado der positivo para a Covid-19. A Secretaria Estadual de Saúde também não considerava esse caso como confirmado até a publicação desta reportagem.

Comércio ficou aberto por dois dias

A reabertura do comércio foi anunciada na noite de terça-feira (7) e as lojas voltaram a abrir as portas por dois dias. O decreto permitia a circulação de pessoas, mas orientava a população a evitar aglomerações nos estabelecimentos. Quem descumprir as determinações estabelecidas pela prefeitura poderá ser multado em R$ 1 mil por cada irregularidade, além de ter a licença cassada.

Barreiras de isolamento

Barreiras de isolamento foram instaladas em todos os acessos de Vassouras. O objetivo é proibir a entrada de veículos de outros municípios. Quem trabalha ou mora na cidade e tem a placa do carro de outra localidade deverá explicar e comprovar a necessidade de entrar em Vassouras.

Hospital Universitário cria 50 novos leitos


O Hospital Universitário de Vassouras, que tinha 20 leitos no Centro de Terapia Intensiva (CTI), passou a contar com mais 50 leitos específicos para tratamento de pacientes com a Covid-19. A estrutura foi montada em uma área isolada e vai atender preferencialmente moradores de Vassouras.

"Importante lembrar que este CTI possui o fluxo completamente extra hospitalar e que todos os equipamentos de proteção individual estão sendo utilizados pelos nossos profissionais.


Além disso, diversas atitudes foram tomadas para que diminuíssemos o fluxo interno no nosso hospital. Esses leitos serão usados preferencialmente pelos nossos pacientes de Vassouras. Estamos preparados. Leitos não nos faltarão", explicou o diretor geral do hospital, Dr. Marcelo Augusto Paiva.


Fonte G1

0 visualização