Valença registra primeiro caso confirmado de coronavírus; Sul do Rio soma 12 infectados


A Prefeitura de Valença, no Sul do Rio de Janeiro, registrou nesta quarta-feira (25) o primeiro caso confirmado do novo coronavírus. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo a prefeitura, o paciente é um homem, de 36 anos, que foi atendido em um hospital particular e está em isolamento domiciliar, sendo monitorado pela Secretaria Municipal de Saúde. Ele passa bem.

Na tarde desta quarta-feira, havia 20 casos suspeitos na cidade. Amostras foram colhidas e enviadas ao Laboratório Central Noel Nutels (Lacen), no Rio de Janeiro, única unidade estadual capaz de realizar o teste para confirmar ou descartar o coronavírus.

Sul do Rio tem outros 11 casos confirmados de Covid-19

O Sul do Rio tem outros 11 casos confirmados de coronavírus. O primeiro foi uma mulher, de 27 anos, de Barra Mansa, que esteve na Itália em fevereiro, já está curada da doença, segundo a Secretaria de Saúde da cidade. Todas as pessoas que tiveram contato com ela testaram negativo para a Covid-19.

Em Volta Redonda foram registrados oito casos. Os pacientes infectados são quatro mulheres, de 20, 36, 48 e 60 anos, além de dois homens, de 36 e 58 anos, que foram orientados a fazer isolamento domiciliar, e um idoso, de 76 anos, que está internado em um hospital na cidade.


Há ainda um outro homem, que não teve a idade divulgada, que foi atendido e diagnosticado no Rio de Janeiro, onde está de quarentena em casa. Em Resende, o caso confirmado é de um morador do município do Rio de Janeiro que foi atendido em um hospital particular da cidade.

A primeira e única morte na região foi de uma idosa de 63 anos que vivia em Miguel Pereira. Ela trabalhava como empregada doméstica no Leblon, no Rio de Janeiro, e teve contato direto com a patroa dela, que viajou para a Itália recentemente e testou positivo para a doença. As pessoas que tiveram contato com a idosa estão sendo monitoradas.


Fonte G1

0 visualização