Três Rios vai ganhar Laboratório de Construção Civil com ensaios e avaliações da Norma de Desempenho


O município de Três Rios, no Centro-Sul Fluminense, vai ganhar um laboratório dedicado às análises e ensaios da ABNT NBR 15575, também conhecida como Norma de Desempenho Habitacional. A unidade será uma das três existentes no país que podem realizar análises e ensaios técnicos, incluindo acústica atendendo a clientes de todas as regiões do país.


Cerca de R$ 6 milhões serão investidos na construção, adaptação de espaços de aproximadamente 884 m² dentro do terreno da Firjan SENAI, além da aquisição de equipamentos que permitirão a ampliação o portfólio de serviços. Atualmente, a Firjan SENAI já oferece uma série de ensaios tecnológicos voltados para as indústrias da construção, cerâmica, concreto e tintas imobiliárias, na unidade da Firjan SENAI (Rua Isaltino Silveira, 90 – Cantagalo).


“Os ensaios vão garantir a qualidade dos produtos e dos processos atendendo às exigências técnicas para vários requisitos importantes em uma edificação. Assim teremos obras mais seguras e com vida útil longa, respeitando o desempenho acústico e térmico, durabilidade e segurança estrutural e contra incêndios”, destacou Waldir dos Santos Junior, Presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil de Três Rios e região (Sindicon TR).


O novo serviço é uma demanda do setor, que precisa atender às exigências da ABNT NBR 15575, em vigor desde 2013. Os ensaios avaliam o esforço estático em guarda-corpo, estanqueidade em esquadrias, permeabilidade das paredes, ações de calor e choque térmico, desempenho acústico e avaliação computacional de desempenho térmico e lumínico, certificando e valorizando empreendimentos do setor da Construção Civil e contribuindo com edificações mais eficientes e seguras.


Segundo Joana Rosa Ribeiro, especialista em Gestão Tecnológica da Gerência de Tecnologia da Firjan, o principal motivo para surgimento da metodologia de desempenho em edificações no Laboratório de Construção Civil foi a necessidade de obter métodos construtivos inovadores para a indústria. “Buscamos por meio de avaliações de sistemas, o conceito de desempenho em toda as fases de concepção do produto, desde materiais até ambientes construídos, priorizando soluções tecnológicas”, explicou.


Empresário do segmento de cerâmicas, Luis Lima, ressaltou que este laboratório poderá contribuir muito para que a indústria avance em novos projetos e inovações de produtos. “Com esta nova estrutura as indústrias poderão dar vida às suas inovações, já que muitas vezes as empresas pensam em melhorias, mas não conseguem testá-las e comprovar sua funcionalidade e aplicabilidade”, disse.


As obras do novo espaço deverão iniciar em fevereiro com previsão de inauguração do Laboratório no segundo semestre de 2020.