Polícia Civil prende em Juiz de Fora suspeito de chefiar tráfico em Três Rios


A Delegacia Especializada Antidrogas (DEA) de Juiz de Fora prendeu na noite desta terça-feira (6) um foragido da Justiça do Rio de Janeiro, de 28 anos, apontado como o chefe do tráfico de Três Rios (RJ).


Ele e a companheira, de 32 anos, foram localizados no Bairro Santa Maria, em uma operação no apartamento onde moravam. No local também foram apreendidas armas e três veículos, sendo dois deles clonados.


No apartamento onde ele morava também foram apreendidos cinco revólveres, quatro pistolas, um espingarda calibre 12 e várias munições.


O casal foi preso em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, receptação e por adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Os dois foram conduzidos ao sistema prisional, onde estão à disposição da Justiça.


Outros detalhes sobre a prisão dele serão repassados pela Polícia Civil nesta quarta-feira (7).

A DEA revelou que monitora o foragido desde que recebeu informações de que ele estaria escondido em Juiz de Fora.


Foragido


O rapaz era um dos alvos não encontrados da Operação "Fluvial", realizada em fevereiro deste ano pela Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio da Polícia Federal (Delepat) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com apoio da Polícia Militar.


Segundo a Polícia Civil, ele apresentava uma identidade falsa e seguia comandando o crime em Três Rios. Integrante de organização criminosa, é descrito como "extremamente perigoso" e suspeito de diversos homicídios na região Serrana.


Fonte G1

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo