Operação "taxa zero"


A polícia civil e a polícia militar realizam nesta terça (02) a Operação “Taxa Zero” em Paraíba do Sul com o objetivo de reprimir a ação dos grupos de traficantes de drogas dos bairros Liberdade e Cerâmica (Morro do Cemitério). No início da manhã 05 pessoas foram presas e um menor foi apreendido, bem foram encontradas drogas, dinheiro e uma arma com numeração raspada. Dois homens não foram encontrados e são considerados foragidos. Outras três pessoas que haviam sido presas no curso das investigações.  A ação policial contou com cerca de 50 policiais, entre agentes da Delegacia de Paraíba do Sul (107ª DP) e policiais militares do 38º Batalhão da Polícia Militar (1ª Cia, 2ª Cia e Serviço Reservado).



Os grupos dos bairros Liberdade e Cerâmica são aliados na comercialização de entorpecentes, se dizem ligados à facção Terceiro Comando e vendem a droga conhecida como “mulher do brabo”. Essa operação policial é uma resposta a dois recentes episódios envolvendo disparos de arma de fogo. O primeiro episódio ocorreu no dia 09 de março 2020, na frente de uma lanchonete que fica na Rua Joaquim Cunha, bairro Palhas. Na ocasião uma mulher discutiu com um dos frequentadores da lanchonete por causa de uma cadeira. Ela estava acompanhada do namorado de 26 anos, que é investigado por integrar o grupo de traficante de drogas no Morro de Cemitério. Esse homem então saiu do local e voltou minutos depois acompanhado de um comparsa armado, o qual efetuou disparos para alto a fim de aterrorizar os frequentadores. Como desdobramento da investigação do disparo, os investigadores identificaram um grupo de cinco indivíduos envolvidos no tráfico de drogas no bairro Cerâmica. Dois deles acabaram sendo presos no dia 03 de maio de 2020 na BR 040, na altura de Petrópolis, quando traziam quase mil sacolés de cocaína do Rio de Janeiro para Paraíba do Sul. Os outros três envolvidos tiveram suas prisões decretadas e foram presos na operação de hoje.

O segundo episódio que desencadeou a operação ocorreu no bairro Liberdade, e remete a um disparo de arma de fogo sem vítimas, efetuado por um integrante do grupo que se autointitula "bonde dos cria". Como desdobramento da investigação do disparo, a força policial identificou diversos integrantes do grupo. Um deles foi preso em flagrante no último sábado (30) por tráfico de drogas no mesmo bairro. Os demais foram alvos dá operação de hoje, sendo que um foi preso em cumprimento de mandado de prisão, outro foi preso em flagrante na posse de uma arma de fogo raspada e um menor foi apreendido com 36 pedras de crack, 15 “tambores” de cocaína e R$1.054,00. Dois homens do bairro Liberdade que tiveram suas prisões decretadas não foram localizados e são considerados foragidos.

O nome da operação “Taxa Zero” é uma referência ao índice de letalidade verificado na cidade em 2020. Nenhum homicídio ocorreu na primeira metade do ano, sendo este o melhor indicie em mais de uma década. Com essa ação integrada, ao reprimir de maneira severa os grupos de traficante que efetuaram disparos de arma de fogo, as polícias civil e militar buscam agir de forma preventiva, desarticulando esses grupos antes que homicídios sejam praticados. A operação serve também como recado a qualquer um que pense em repetir esse tipo conduta na cidade, pois certamente será identificado e preso, no fiel cumprimento da lei.













10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo