Menina morre baleada durante tiroteio em Triagem


Uma criança de 11 anos morreu baleada após um tiroteio no Bairro Carioca, em Triagem, na Zona Norte do Rio, na tarde desta quinta-feira. Segundo moradores, Jenifer Celna Gomes teria sido atingida nas costas próximo ao Viaduto Ana Neri, na rua Bergamo. Ela chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méyer. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, não resistiu aos ferimentos e faleceu antes de dar entrada na unidade. Ainda não há informações sobre a origem do tiro.


Rogelaine Silva, moradora da região, que ajudou a socorrer Jenifer, disse ao Meia que a menina estava voltando da escola quando foi baleada. Segundo ela, a mãe da criança, Kátia, se desesperou com a situação e acabou sendo internada após passar mal.


"Eu tô aqui toda suja de sangue porque tentamos socorrer ela correndo pro hospital, mas não deu tempo. É uma dor imensa pra todos nós e pra Kátia, que já perdeu dois filhos num acidente", disse emocionada.


Segundo o vizinho da menina, Hudson César, a PM foi a responsável pelo disparo: "Está todo mundo revoltado, por isso os familiares e a população estão nas ruas protestando contra a violência. A gente não aguenta mais".

Após a morte, um grupo de moradores tentou impedir o fluxo das vias da região atirando objetos e lixo nas ruas, porém foram contidos por policiais. Por volta das 14h30, o Metrô Rio divulgou que a estação Triagem estava fechada devido ao tiroteio. A interdição durou 10 minutos e o serviço já foi regularizado. A circulação de veículos nas vias também foi normalizada.


O comandante da Polícia Militar do 3º BPM (Méier) informou que equipes foram acionadas para checar um roubo de carga, no condomínio Morar Carioca, em Triagem. Ao chegarem ao local, os policiais se depararam com moradores carregando uma criança ferida. Os agentes deram continuidade ao socorro e encaminharam a menina ao hospital. A corporação ainda ressalta que não havia operação na localidade e que nenhum policial da unidade efetuou disparos de arma de fogo durante o episódio.


Ainda de acordo com a PM, uma outra parte da equipe seguiu com as buscas e encontrou um homem baleado carregando uma mochila com entorpecentes e uma pistola calibre 380. O ferido foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Engenho Novo. Um segundo homem também foi atingido e socorrido por moradores locais para unidade de saúde ainda desconhecida.


Em nota, a RioÔnibus disse que os ônibus incendiados tinham apenas quatro meses de uso e os veículos faziam a linha 371 (Praça Seca x Praça Tiradentes).


Fonte O Dia

22 visualizações