Mãe de piloto que faleceu em acidente com Boechat morre três dias depois


A mãe do piloto Ronaldo Quatrucci, que faleceu no acidente de helicóptero com o jornalista Ricardo Boechat, morreu três dia após o filho. Segundo o relato postado no Instagram pela filha do piloto, Amanda Martinez, sua avó, Philomena Augusto Silva, sofria de uma doença terminal.


O acidente que matou Ronaldo e Boechat ocorreu na segunda-feira (11). De acordo com a filha do piloto, Philomena não foi informada sobre a morte do filho. “Pai e vó, agora vocês estão juntos olhando por nós aí de cima! Vocês eram inseparáveis e tinham um amor incondicional um pelo outro! Quando meu pai estava sofrendo com sua doença terminal, a vida nos surpreende e Deus o levou três dias antes dela. Você não a viu ir e ela não chegou a saber da sua partida e agora continuam juntos em outro plano”, escreveu Amanda.


O corpo de Ronaldo Quatrucci foi enterrado na terça-feira (12) no Cemitério São Paulo, no bairro de Pinheiros, na zona oeste da capital paulista. A cerimônia ocorreu por volta das 16h e foi restrita a parentes e amigos próximos. Segundo a Força Aérea Brasileira, o piloto estava com as licenças e habilitações válidas.

O corpo de Ronaldo Quatrucci foi enterrado na terça-feira (12) no Cemitério São Paulo, no bairro de Pinheiros, na zona oeste da capital paulista. A cerimônia ocorreu por volta das 16h e foi restrita a parentes e amigos próximos. Segundo a Força Aérea Brasileira, o piloto estava com as licenças e habilitações válidas.


Na quarta-feira (13), Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu de forma cautelar, a RQ Serviços Aéreos Especializados, empresa dona do helicóptero que levava o jornalista.

De acordo com a agência a suspensão de deu em razão de "indícios de prática irregular de táxi-aéreo". O processo de investigação foi aberto pela Anac na própria segunda-feira para constatar o tipo de serviço que estava sendo prestado com a aeronave de prefixo PT-HPG no momento do acidente.


"A RQ Serviços Aéreos Especializados possuía autorização para prestar serviços especializados, como aerofotografia e aerocinematografia. A empresa, no entanto,  não possuía autorização para executar o serviço de transporte remunerado de passageiros, prática exclusiva de empresas certificadas como táxi-aéreo", disse a agência.


agência reguladora informou que as empresas envolvidas na contratação do serviço foram oficiadas e terão cinco dias úteis, a partir da publicação no Diário Oficial da União, para prestarem esclarecimentos e apresentarem a documentação que comprove o tipo de contratação. Foram oficiadas as empresas Libbs Industria Farmacêutica, Zum Brazil Eventos e a própria RQ Serviços Aéreos Especializados.


Boechat  tinha 66 anos, era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM  e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ. O jornalista nasceu em Buenos Aires, na Argentina, quando o pai Dalton Boechat, diplomata, estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores. Ronaldo Quattrucci tinha 56 anos e deixou esposa e dois filhos.


Fonte: iG

40 visualizações