Campanha de vacinação contra gripe tem esquema especial no Sul do Rio


Uma campanha de vacinação contra a gripe será realizada a partir de segunda-feira (23) em todo o Sul do Rio de Janeiro. O público-alvo são idosos a partir de 60 anos e profissionais da área da saúde.


Por causa da pandemia do novo coronavírus, cada cidade montou um esquema especial para evitar aglomerações — principalmente dos idosos, que são os mais vulneráveis a doença. Confira como será a vacinação em cada cidade

Levy Gasparian


Os profissionais da saúde devem ir nos postos da cidade. Os idosos serão vacinados nas casas deles para evitar aglomerações. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (24) 2254-1099.


Paraíba do Sul


A vacinação dos idosos será feita em domicílio. As vacinas serão feitas por grupos de idade, em agendamentos diários, para atendimento nas residências. Todos os idosos serão vacinados, mas deverão aguardar a divulgação de datas e idades para receberem a vacina em domicílio. Inicialmente, a imunização será feita somente com o público de 80 anos e será ampliado a medida que as doses forem recebidas.


Paty do Alferes


As pessoas com 60 anos ou mais atendidas por Agentes Comunitários de Saúde (ACS) devem aguardar o contato para agendamento da vacinação. Idosos com mais de 60 anos sem cobertura dos ACS devem agendar a vacinação pelo telefone (24) 2485-2459. Profissionais da área de saúde devem se vacinar nas unidades de saúde do município, das 8h às 15h.


Três Rios


A vacinação contra gripe acontece na segunda-feira (23), das 13h às 16h. No outros dias será das 8h às 16h. Para os idosos, a imunização será no Colégio Municipal Walter Francklin, no Posto de Saúde Central, Clínica da Família, UBS Morada do Sol, UBS Pilões, UBS Boa União e Bemposta. Os profissionais da saúde devem ir até o Posto Central, situado na Rua da Maçonaria.


Vassouras


Nos postos, os procedimentos são feitos na área externa, com distância mínima de um metro para cada pessoa. De 23 a 27 de março as imunizações serão feitas nas ESF Madruga, Carvalheira, Centro, Santa Amália, Melo Afonso, Greco, Residência e Demétrio Ribeiro.


De 30 de março a 3 de abril as vacinas serão oferecidas nas ESF Massambará, Andrade Pinto, Andrade Costa, Itakamosi, Conjunto Habitacional e Ferreiros. Para idosos e acamados, a vacinação será feita em casa.

Angra dos Reis: A vacina vai estar disponível para profissionais da saúde das 9h às 16h, em unidades de saúde de todo o município que possuem sala de vacina. Para os idosos, a imunização será em esquemas de hora marcada, através de contato por telefone e com controle de fluxo. Para evitar aglomerações, as vacinas de rotina serão suspensas por 15 dias.

Barra Mansa: Até a publicação desta reportagem, a prefeitura não havia informado como seria a vacinação na cidade.

Barra do Piraí: A imunização do público-alvo será feita nos postos das 8h às 17h, com controle de fluxo de pessoas.

Itatiaia: Todos os postos de saúde vão vacinar de 9h as 17h até o fim da campanha. Na terça-feira (24), haverá uma reunião para definir horários na parte da manhã e da tarde exclusivamente para idosos.

Mendes: Os profissionais de saúde já começaram a ser vacinados internamente. Os idosos acamados serão imunizados em suas casas. Os outros serão atendidos com horário marcado e as vacinações irão acontecer na parte externa das unidades de saúde.


Miguel Pereira: Será feito um sistema de rodízios nos postos de saúde do município:


  • ESF Praça da Ponte — Segundas-feiras, de 8h às 12h

  • ESF São Judas Tadeu — Segundas-feiras, de 8h às 14h

  • ESF Pantanal — Terças-feiras, das 8h às 12h

  • ESF Vila Suissa — Quintas-feiras, das 8h às 12h

  • ESF Vila Selma — Quartas-feiras, das 8h às 15h

  • ESF Portela — Segundas-feiras, das 8h às 12h

  • ESF Vera Cruz — Terças-feiras, das 8h às 12h

  • ESF Conrado — Segundas-feiras, das 8h às 12h

  • ESF Cupido — Segunda a sexta-feira, das 8h às 14h

  • ESF Plante Café — Segunda a sexta-feiram das 8h às 14h

  • ESF Senador Robert Camposo — Segunda a sexta-feira, das 8h às 14h

Paracambi: Até a publicação desta reportagem, a prefeitura não havia informado como seria a vacinação na cidade.

Paraty: As vacinas estarão disponíveis em todos as unidades de Estratégia Saúde da Família e Centros Integrados de Saúde das 9h às 16h.

Paulo de Frontin: Haverá vacinação domiciliar para evitar aglomerações de idosos.

Pinheiral: Até a publicação desta reportagem, a prefeitura não havia informado como seria a vacinação na cidade.

Piraí: A imunização vai acontecer de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, nas unidades de saúde do município, com exceção das unidades do Centro e Varjão, que serão realizadas nas Escolas Municipais Lúcio de Mendonça e Rosa Carelli da Costa, respectivamente.

Porto Real: Vacinação em casa para pacientes idosos que estejam acamados ou têm comorbidades como hipertensão e outras doenças vulneráveis.

Quatis: Até a publicação desta reportagem, a prefeitura não havia informado como seria a vacinação na cidade.

Resende: Os idosos serão ser vacinados em casa. Agentes de saúde devem ir aos postos do município.

Rio Claro: Vacinação vai acontecer nos postos de saúde das 8h às 17h.

Rio das Flores: Os idosos serão vacinados nas residência. Agentes de saúde devem ir aos postos da cidade.

Sapucaia: A vacinação será feita nos postos com espera ao ar livre, entrando na sala um paciente por vez. Quem estiver gripado, com febre ou outro sintoma não poderá tomar a vacina. Valença: As unidades de saúde foram orientadas para que realizem a vacinação em área externa, seguindo todas as normas de prevenção. O atendimento será das 8h às 11h e das 13h às 16h. O Centro Municipal de Imunização, em atendimento especial, irá instalar na Praça Balbina Fonseca (em frente ao Hospital Maternidade), uma tenda com uma equipe de profissionais para atender também das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Volta Redonda: Serão criados pontos de vacinação, funcionando das 8h às 17h, próximos ou anexos às 46 Unidades da Atenção Básica de Saúde, para aplicação das doses. Além disso, será criado um ambiente separado da recepção tradicional das unidades para a campanha. Os profissionais da saúde que participam da ação serão capacitados para agilizar o fluxo de aplicação das doses.


Fonte G1

11 visualizações